clinica-de-cirurgia-plastica-em-sao-paulo-dr-fabio-cesconetto-abdominoplastia-20

A abdominoplastia não substitui a lipoaspiração: conheça a diferença.

Muitas pessoas têm dúvidas de como é feita a abdominoplastia, até mesmo porque confundem sua finalidade com a da lipoaspiração. A abdominoplastia não é como a lipoaspiração.

É importante esclarecer que a abdominoplastia é a cirurgia plástica usada para retirar o excesso de pele do abdômen, sendo feito normalmente também a costura dos músculos retos abdominais, melhorando o contorno abdominal, cintura e postura.

Já a lipoaspiração retira apenas o acúmulo de gordura da região do corpo a ser tratada, sem mexer com a pele. Ou seja, é necessário não haver sobras ou flacidez da pele.

Depois de uma avaliação médica é possível saber qual será a cirurgia plástica mais indicada.

Uma opção que pode ser feita é a ‘mini’ abdominoplastia, uma cirurgia plástica de porte menor e que retira acúmulos de gordura e pele apenas na parte inferior da barriga, deixando uma cicatriz pouco menor do que na abdominoplastia normal. Porém, não resolve o problema de quem tem sobras de pele acima do umbigo ou uma diástase (afastamento dos músculos abdominais) que não seja muito pequena. Então, neste caso, o mais recomendado seria a abdominoplastia convencional.

Essa cirurgia plástica não deve ser feita em menores de 18 anos e nem se o paciente tiver alguma restrição alérgica, anestésica ou problemas de coagulação. Os fumantes que desejam fazer o procedimento precisam passar por uma avaliação ainda mais rigorosa e parar de fumar por pelo menos 30 dias, já que a nicotina contrai os vasos sanguíneos e atrapalha a irrigação dos tecidos, prejudicando a circulação do sangue, aumentando muito o risco de necroses de pele e tromboses (embolias).

Os cuidados no pós-operatório são essenciais para uma boa recuperação e sucesso no resultado. Nesse caso, o paciente deve fazer repouso relativo de acordo com a orientação do cirurgião plástico. Ao sair da cama, fazer pequenas caminhadas com cuidado evitando movimentos bruscos. Dormir, de preferência, de barriga para cima. Beber bastante líquido durante o dia, pelo menos 1,5 litro de água diariamente.

A cinta modeladora deve ser utilizada continuamente (24 horas por dia) por aproximadamente até três meses. Não devem ficar exageradamente apertadas e devem ser removidas apenas antes dos banhos.

O resultado da abdominoplastia começa a ser evidenciado após o segundo mês da cirurgia plástica, com a melhora do edema e da sensibilidade. Embora, continue melhorando gradativamente, até um ano, quando estará próximo ao resultado definitivo. No geral, para manter o resultado alcançado, é necessário manter uma dieta equilibrada e praticar atividades físicas. As cirurgias plásticas não garantem resultados eternos.

Clínica de Cirurgia Plástica em São Paulo
Cirurgião Plástico Dr. Fabio Cesconetto | CRM 77757
(11) 94545.4212 | (11) 3253.7831 | (11) 3288.4744
Segunda a Sexta 12 às 21 horas
Alameda Santos, 211 Cj. 1611 | Jardim Paulista | SP
(Paralela Av. Paulista | Próximo Estação de Metrô Brigadeiro)

Tags: No tags

Add a Comment

You must be logged in to post a comment