Loading

A cirurgia plástica para redução de mama, também conhecida como redução mamária ou mamoplastia de redução, é um procedimento que diminui o tamanho e o volume dos seios, oferecendo uma sensação de alívio para a mulher que se incomoda com o peso das mamas.

Isso ocorre porque, com a cirurgia plástica, é retirado o excesso de gordura, de tecido e de pele, deixando a região mais leve. Nesse processo, o mamilo é reposicionado. Desta forma, os seios ganham um formato mais equilibrado e proporcional ao corpo.

Ter seios muito grandes pode fazer com que as mulheres passem por situações constrangedoras ou mais sérias, que envolvem problemas de saúde e emocionais.

Escolher o sutiã certo é um desafio, achar uma camisa de botões que sirva é complicado, esbarrar involuntariamente os seios nas pessoas ou nas coisas é cotidiano. Mas além disso, existem outros fatores que podem atrapalhar o dia a dia. Usar um top para atividades físicas é sufocante, correr pode ser muito dolorido e o peso das mamas faz com que os ombros se curvem, prejudicando todo o equilíbrio do corpo.

Essas e outras situações podem causar sentimentos de inadequação, tristeza, frustração e até condições mais graves como a depressão devido à baixa autoestima.

A hipertrofia mamária em adolescentes é uma condição em que as meninas desenvolvem seios muito grandes na puberdade, que ficam desproporcionais em relação ao resto do corpo.

Numa fase de intensas transformações, essas garotas são alvo de piadas de mau gosto e comentários cruéis a respeito de sua aparência. Além disso, têm a dificuldade de encontrar roupas que sirvam, ao mesmo tempo em que é um desafio participar de atividades físicas. Sem falar nas dores nas costas, nos ombros e nos seios.

O ideal, nesses casos, é que se espere a formação completa dos seios para que seja feita a cirurgia plástica, o que ocorre por volta dos 17 anos. Dependendo do caso, pode ser realizado antes disso, mas a família deve ser informada da possibilidade de fazer uma nova cirurgia plástica posteriormente, caso as mamas continuem a crescer.

A mamoplastia redutora com implante de silicone ajuda a dar forma e volume, ao mesmo tempo em que reduz o tamanho dos seios. Existem outras cirurgias plásticas que podem ser realizadas para obter o efeito desejado, associadas ou não com a redução de mama.

A lipoaspiração, por exemplo, pode funcionar para quem tem apenas excesso de gordura. Já a mastopexia tem a capacidade de levantar os seios. A escolha depende de uma avaliação clínica criteriosa, que envolve o exame da qualidade da pele (tônus e elasticidade), para verificar qual a indicação correta.

Cirurgião Plástico Dr. Fabio Cesconetto | CRM 77757
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 16670

Clínica de Cirurgia Plástica em São Paulo
(11) 94545.4212 | (11) 3253.7831 | (11) 3288.4744
Segunda a Sexta 12 às 21 horas
Alameda Santos, 211 Cj. 1611 | Jardim Paulista | SP
(Paralela Av. Paulista | Próximo Estação de Metrô Brigadeiro)

Shopping Basket