CLINICA-DE-CIRURGIA-PLASTICA-EMSÃO-PAULO-DR-FABIO-CESCONETTO-OTOPLASTIA-10.06.21

A partir de qual idade pode ser feita a cirurgia plástica de correção das orelhas?

Orelhas de abano ou com outra malformação pode provocar episódio bullying, prejudicando a autoestima de crianças e adultos. Geralmente, o bullying começa a acontecer ainda na pré-escola e pode atrapalhar até o rendimento escolar da criança. Como na idade pré-escolar o crescimento das orelhas chega a quase 100% do tamanho final, a otoplastia pode ser realizada a partir dos sete anos.

O cirurgião plástico saberá dizer, depois de examinar as estruturas das orelhas, se a criança pode se submeter ao procedimento ou se precisa esperar mais um pouco para que o crescimento das orelhas se estabilize.

Normalmente, a otoplastia é realizada com o paciente sedado e com anestesia local, e tem duração média de uma hora. A cirurgia plástica deve ser realizada em ambiente hospitalar. O procedimento é realizado por uma incisão atrás da orelha, seguindo a dobra natural da pele.

Através desse pequeno corte, é feita a retirada do excesso de pele e o ligamento da cartilagem, para que fique mais flexível. Dependendo do caso, pode ser necessária a retirada de parte da cartilagem, para diminuir o tamanho da orelha.

A cirurgia plástica é finalizada com pontos de fixação (geralmente, internos e absorvíveis). Os pontos têm a função de manter a nova anatomia da orelha e de fechar o corte.

Costuma-se cobrir a incisão com curativos feitos com pomada cicatrizante e gaze. O curativo deve ser retirado (no consultório, pelo cirurgião plástico até 48 horas após a cirurgia plástica.

O paciente deverá usar uma faixa de tecido compressiva específica por um mês. A faixa deve ser retirada apenas para o banho.

Em crianças é recomendado aguardar uma semana para voltarem à escola. Já os adultos podem voltar às atividades dois dias após a cirurgia plástica, sempre com o cuidado de proteger o local operado. O uso de óculos pode ser feito por cima do curativo, desde que a haste não aperte de mais a região.

Cirurgião Plástico Dr. Fabio Cesconetto | CRM 77757
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 16670

Clínica de Cirurgia Plástica em São Paulo
(11) 94545.4212 | (11) 3253.7831 | (11) 3288.4744
Segunda a Sexta 12 às 21 horas
Alameda Santos, 211 Cj. 1611 | Jardim Paulista | SP
(Paralela Av. Paulista | Próximo Estação de Metrô Brigadeiro)

Gostou desse Post?

Curta | Comente | Compartilhe

CLINICA-DE-CIRURGIA-PLASTICA-EM-SAO-PAULO-DR.-FABIO-CESCONETTO-OTOPLASTIA-06.11.20

Otoplastia: correção de orelha de abano

A otoplastia é a cirurgia plástica que visa corrigir defeitos estéticos da orelha, que pode variar de tamanho, posição e formato. A deformidade mais comum é a “orelha de abano”, quando as orelhas se mostram proeminentes (afastadas da cabeça) e com falta de definição das curvas cartilaginosas.

Outra deformidade comum é a laceração do lóbulo da orelha, mais comum nas mulheres, geralmente secundária ao uso de brincos.

A otoplastia pode ser realizada em crianças, adolescentes e adultos. Na criança, a idade ideal para se fazer a cirurgia plástica de correção da orelha é após os seis anos, visto que nesta idade a orelha já atingiu forma e tamanho muito próximos ao do adulto, e por corresponder ao período no qual há grande possibilidade de comentários ofensivos, apelidos ou piadas.

A cirurgia plástica é realizada com anestesia local sob sedação inclusive nas crianças. O procedimento dura cerca de 60 a 90 minutos.

A cirurgia plástica se inicia com uma incisão atrás da orelha. É feita uma remodelagem da cartilagem para deixá-la com aspecto mais natural, em seguida é realizada a ressecção do excesso de pele e sutura. A alta hospitalar se faz no mesmo dia, poucas horas após a cirurgia plástica.

O paciente recebe alta com um curativo compressivo (atura envolvendo as orelhas), que será retirado 24 horas após o procedimento. Para viabilizar a cicatrização e desta forma o posicionamento da orelha, é utilizada uma faixa de tecido elástico compressiva, retirada apenas para o banho, por um mês.

O inchaço das orelhas pode demorar algumas semanas para regredir, pode ocorrer parestesia (diminuição na sensibilidade da pele), que regride em alguns meses. O retorno às atividades normais se dá em 5 (cinco) dias, já atividade física em 4 (quatro) semanas.

Clínica de Cirurgia Plástica em São Paulo
Cirurgião Plástico Dr. Fabio Cesconetto | CRM 77757
(11) 94545.4212 | (11) 3253.7831 | (11) 3288.4744
Segunda a Sexta 12 às 21 horas
Alameda Santos, 211 Cj. 1611 | Jardim Paulista | SP
(Paralela Av. Paulista | Próximo Estação de Metrô Brigadeiro)

CLINICA-DE-CIRURGIA-PLASTICA-DR-FABIO-CESCONETTO-OTOPLASTIA-ORELHA-DE-ABANO

Orelha de abano: quando posso realizar a cirurgia plástica?

A otoplastia é cirurgia plástica indicada para pessoas com orelha de abano ou com orelhas muito grandes. É possível realizar a cirurgia plástica a partir dos sete anos, período em que a estrutura já está formada e com o tamanho muito próximo daquele que terá na fase adulta.

A cirurgia plástica dura poucas horas e o paciente recebe alta ainda no mesmo dia. Por dois ou três dias, deve permanecer com o curativo pós-operatório, popularmente chamado de ‘capacete’, para depois retirá-lo no consultório

Nos primeiros dias do pós-operatório, deve-se evitar alimentos que necessitem mastigar muito, pois o movimento das mandíbulas pode causar desconforto nas orelhas. É normal sentir uma dor leve ou moderada. Caso ocorra, os analgésicos prescritos darão conta de controlá-la sem dificuldades.

O procedimento é feito pela parte de trás da orelha, então as cicatrizes são praticamente imperceptíveis. O resultado da otoplastia fica evidente logo ao final da operação. No entanto, como a região fica inchada nos primeiros dias, a aparência definitiva poderá ser analisada entre o primeiro e segundo mês após a cirurgia plástica.

Cirurgião Plástico Dr. Fabio Cesconetto | CRM 77757
(11) 94545.4212 | (11) 3253.7831 | (11) 3288.4744
Segunda a Sexta 12 às 21 horas
Alameda Santos, 211 Cj. 1611 | Jardim Paulista | SP
(Paralela Av. Paulista | Próximo Estação de Metrô Brigadeiro)