Loading

A modelagem muscular é um fator de grande importância no novo contorno corporal. Nos primeiros meses, o abdome apresenta uma insensibilidade, além de estar sujeito a inchaços, que deverão regredir espontaneamente. Nessa fase, o abdome poderá ficar com aspecto de “esticado”, e pode apresentar irregularidades, estando algumas áreas mais inchadas que outras.

Com o decorrer dos meses, gradativamente atinge-se o resultado definitivo. Não se deve considerar como definitivo qualquer resultado antes de um ano de pós-operatórios. Condutas complementares com esteticistas ou fisioterapeutas, uma dieta balanceada e exercício físico poderão melhorar bastante o resultado final.

As cicatrizes são planejadas para ficarem o mais disfarçadas possível sob as roupas, e passarão por vários períodos de evolução. No início apresentam discreta reação aos pontos ou ao curativo, passando por mudança de sua cor. Com o passar dos meses começa a tornar-se mais clara e menos consistente atingindo, assim, o seu aspecto definitivo.

Certas pacientes apresentam tendência à cicatrização hipertrófica ou ao queloide. Essa tendência poderá ser avaliada por um cirurgião plástico experiente, durante a consulta inicial até o pré-operatório.

Pessoas de pele negra têm maior predisposição ao queloide ou à cicatriz hipertrófica, entretanto, isto não é uma regra absoluta. A análise das cicatrizes prévias facilitará o prognóstico cicatricial, porém é impossível prever a ocorrência ou não este tipo de cicatrização. O fato de se ter uma cicatriz boa ou um queloide não significa que a próxima cicatriz se comportara da mesma forma. Este tipo de complicação depende exclusivamente da cicatrização da paciente e não dos cuidados tomados pelo cirurgião plástico.

Vários recursos clínicos e cirúrgicos nos permitem melhorar tais cicatrizes inestéticas. As cicatrizes hipertróficas podem ser tratadas através de procedimentos ambulatoriais desde o seu surgimento, porém o tratamento cirúrgico destas só é recomendado após um ano ao contrário dos queloides que podem ser tratados cirurgicamente mais cedo.

Cirurgião Plástico Dr. Fabio Cesconetto | CRM 77757
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 16670

Clínica de Cirurgia Plástica em São Paulo
Cirurgião Plástico Dr. Fabio Cesconetto | CRM 77757
(11) 94545.4212 | (11) 3253.7831 | (11) 3288.4744
Segunda a Sexta 12 às 21 horas
Alameda Santos, 211 Cj. 1611 | Jardim Paulista | SP
(Paralela Av. Paulista | Próximo Estação de Metrô Brigadeiro)

 

Shopping Basket