clinica-de-cirurgia-plastica-em-são-paulo-dr.-fabio-cesconetto---cirurgia-depois-do-60-anos-pode-dourtor

Cirurgia plástica após os 60 anos. Pode Doutor?

Realizar cirurgias plásticas após os 60 anos de idade é completamente normal e há várias indicações de procedimentos. São poucas as restrições para a realização de cirurgias plásticas após os 60 anos de idade. Uma delas é realizar mais de um procedimento ao mesmo tempo. Outro fator a ser considerado em pacientes com mais idade é a expectativa sobre os resultados de uma cirurgia plástica. Cabe ao cirurgião plástico ser sincero e profissional ao informar os retornos reais de cada procedimento.

A blefaroplastia melhora a aparência de pálpebras superiores e inferiores. O procedimento, normalmente, é o primeiro passo no processo de rejuvenescimento facial. A técnica elimina o excesso de gordura e ameniza as pálpebras caídas, que causam o aspecto envelhecido e cansado. Ela pode ser realizada isoladamente ou em conjunto com outros procedimentos de rejuvenescimento facial, como o lifting na face (ritidoplastia).

A cirurgia plástica é iniciada a partir das marcações dos locais de incisão pelo cirurgião plástico, cujas linhas seguem as dobras naturais das pálpebras superiores e inferiores, permitindo que a cicatriz fique escondida. A gordura e excessos de pele são removidos no mesmo procedimento.

Há dois tipos de cirurgia nas pálpebras. Um é destinado à correção das pálpebras superiores, onde o excesso de pele e a gordura são removidos e a incisão fica escondida numa prega natural. O outro é para as pálpebras inferiores, em que a incisão é realizada na base dos cílios e fica praticamente invisível.

A abdominoplastia é um procedimento que remove o excesso de pele e gordura do abdômen e, também, reposiciona os músculos da parede abdominal. Fatores como a gravidez e a perda de peso podem provocar o afastamento dos músculos da parede abdominal. Nessas situações, a pele também perde elasticidade e, por vezes, ganha estrias, torna-se mais flácida e forma pregas que a abdominoplastia permite melhorar.

A mamoplastia redutora remove o excesso de gordura, o tecido glandular e a pele. O intuito é atingir um tamanho de mama proporcional ao corpo da paciente e aliviar o desconforto associado aos seios muito grandes. Mamas com volume excessivo podem causar, em algumas mulheres, problemas emocionais e de saúde.

Raramente se faz lipoaspiração em um paciente com mais idade. É mais indicada uma cirurgia plástica menor, com menor risco e, mesmo assim, o pré e o pós-operatório são bem intensos. Se for preciso associar cirurgias plásticas, que uma seja pequena, como abdômen e pálpebra.

Clínica de Cirurgia Plástica em São Paulo
Cirurgião Plástico Dr. Fabio Cesconetto | CRM 77757
(11) 94545.4212 | (11) 3253.7831 | (11) 3288.4744
Segunda à Sexta 12 às 21 horas
Alameda Santos, 211 Cj. 1611 | Jardim Paulista | SP
(Paralela Av. Paulista | Próximo Estação de Metrô Brigadeiro)

Tags: No tags

Add a Comment

You must be logged in to post a comment