CLINICA-DE-CIRURGIA-PLASTICA-EM-SAO-PAULO-DR-FABIO-CESCONETTO--GLUTEOPLASTIA-20.01.21

Gluteoplastia: cirurgia plástica aumenta o volume e define formato dos glúteos.

A gluteoplastia está indicada para todos aqueles que queiram aumentar ou modelar o glúteo. Em geral, a indicação é para nádegas pequenas, com formato achatado ou que apresentam flacidez e perda de sustentação.

O procedimento exige ser realizado em ambiente cirúrgico. É realizada uma incisão com cerca de cinco a seis centímetros no sulco vertical que fica entre os glúteos, e através desta são introduzidos os implantes direito e esquerdo.

A prótese de silicone é posicionada dentro do músculo glúteo maior, numa posição anatômica. Por ser um local de pouca visibilidade, exatamente entre as nádegas, é difícil observar a cicatriz, que fica na altura do cóccix.

Os critérios de escolha do tamanho e volume das próteses de silicone estão sujeitos ao biótipo da pessoa: devem estar em acordo com o formato do corpo e, além disso, com os objetivos do paciente.

O cirurgião plástico avalia o formato e tamanho das nádegas e orienta o paciente sobre o volume que ficara melhor do ponto de vista estético. Mas a escolha do tamanho fica a critério do paciente e do formato de corpo que garantirá um resultado harmônico para aquele volume escolhido de prótese.

O uso de silicone injetável é proibido por lei, pois o silicone líquido, geralmente industrial, não é permitido para uso médico. Uma vez no organismo, a substância causa reações de rejeição, com processos inflamatórios graves e de difícil tratamento. Além disso, este líquido pode migrar pelo organismo ou mesmo através da corrente sanguínea e atingir órgãos como fígado, rins, pulmões e cérebro, podendo até levar à morte.

As próteses usadas para os glúteos têm densidade maior que as próteses destinadas ao implante nos seios, em função da maior exposição a impacto, pois ao sentar o bumbum recebe boa parte do peso do corpo. As próteses de glúteos são mais rígidas e espessas. A alta densidade também impede que haja qualquer vazamento do silicone mesmo que a prótese se rompa.

Durante aproximadamente dez dias é indicado que o paciente durma de barriga para baixo e nunca fazendo pressão nas próteses, seja dormindo ou se sentando. Mantenha o repouso de bruços até a liberação do cirurgião plástico.

Com o passar do tempo, o incômodo do pós-operatório passa e a paciente nem sente que está usando uma prótese de silicone, pois o material utilizado se molda até criar uma adaptação total.

Após a cirurgia dos glúteos, a pessoa não poderá mais tomar injeção ou vacina nas nádegas. A agulha não vai estourar a prótese de silicone, mas pode causar micro cortes e comprometer a integridade da prótese de silicone. Além disso, a medicação seria injetada dentro das próteses, sem efeitos para o organismo. Outras áreas intramusculares podem ser utilizadas, como os braços ou as coxas.

Cirurgião Plástico Dr. Fabio Cesconetto | CRM 77757
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 16670

Clínica de Cirurgia Plástica em São Paulo
(11) 94545.4212 | (11) 3253.7831 | (11) 3288.4744
Segunda a Sexta 12 às 21 horas
Alameda Santos, 211 Cj. 1611 | Jardim Paulista | SP
(Paralela Av. Paulista | Próximo Estação de Metrô Brigadeiro)

Tags: No tags

Add a Comment

You must be logged in to post a comment