Loading

Em primeiro lugar, é essencial destacar que o silicone usado nas próteses é diferente daquele usado na indústria. Por esse motivo, ele não apresenta nenhum nível de toxicidade.

Assim, quando uma mulher coloca uma prótese certificada pela Anvisa, ela pode ter a certeza de que ele não fará nenhum mal ao corpo e nenhuma substância vai se espalhar pelo organismo.

Os implantes são conchas de elastômero de silicone preenchidas com gel de silicone de alta coesividade, produzindo um estado semissólido e cuja consistência é semelhante à da mama normal.

Trata-se de um material que, como você pode imaginar pelo nome, tem propriedades elásticas. Ou seja, ele se estende (estica), pode ser levemente contraído (apertado) ou distorcido. Depois ele recupera sua forma original.

O gel de alta coesividade é um material coesivo, assim, ele se torna mais aderente, compacto, não se espalha. Por essa razão, o gel de silicone tem essa característica gelatinosa mais firme. Quando tocado, ele é praticamente tão macio quanto uma mama natural. Porém, ele é quase sólido, o que impede completamente o vazamento em caso de ruptura da prótese.

O Brasil só permite a venda de marcas de próteses de silicone autorizadas pela Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária). Portanto, ao procurar um cirurgião plástico, eles só poderão oferecer produtos devidamente aprovados. Inclusive, você receberá um certificado de garantia.

Para aprovar uma marca de próteses de silicone, a Anvisa atua em parceria com o Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). A instituição faz vários testes antes de atribuir um selo de qualidade às próteses.

Antes de aprovar uma prótese, o Inmetro analisa:
– A resistência da prótese
Para ser aprovada, ela não pode se romper em condições de uso normal;

– Materiais usados
O Inmetro analisa se realmente o fabricante utilizou o elastômero de silicone preenchido com o gel coesivo.

– Ausência de substâncias tóxicas
Para certificar uma prótese, o Inmetro faz análises e só aprova a marca se ela não contém traços de substâncias como o cádmio, chumbo ou mercúrio.

Assim, sempre que você vê uma prótese com o selo de aprovação da Anvisa, isso significa que ela passou por todos esses testes. Portanto, sinta-se segura e saiba que tem em mãos um produto de excelente qualidade.

Cirurgião Plástico Dr. Fabio Cesconetto | CRM 77757
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 16670

Clínica de Cirurgia Plástica em São Paulo
(11) 94545.4212 | (11) 3253.7831 | (11) 3288.4744
Segunda a Sexta 12 às 21 horas
Alameda Santos, 211 Cj. 1611 | Jardim Paulista | SP
(Paralela Av. Paulista | Próximo Estação de Metrô Brigadeiro)

Shopping Basket