Loading

Não existe uma resposta única sobre o momento ideal de colocar o silicone. Em geral, é recomendado que se faça o procedimento depois de encerradas as gestações que a mulher deseja ter. Mas nada impede que seja feita a cirurgia plástica antes.

A mamoplastia de aumento com implantes de silicone, por si só, não prejudica a produção de leite materno. Com as técnicas mais recentes, não há interferência nas glândulas mamárias, que permanecem intactas. O leite não entra em contato com a prótese, que é feita gel coesivo e camadas protetoras para minimizar esse risco.

No entanto, pode ocorrer alguma dificuldade devido ao tamanho da prótese de silicone. Se o implante for muito grande, tem a possibilidade de causar atrofia no tecido mamário e provocar uma pressão na região. Isso gera desconforto e pode atrapalhar a amamentação.

Outro fator que pode interferir na lactação é a técnica utilizada. Se a prótese de silicone for colocada pelas aréolas, os canais que levam o leite para o mamilo (ductos mamários) podem ser atingidos, o que dificulta a passagem do leite.

Mas é importante destacar que são raros esses fatores que prejudicam a amamentação. O mais comum é não haver problemas para o aleitamento materno devido à presença da prótese de silicone.

Cirurgião Plástico Dr. Fabio Cesconetto | CRM 77757
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 16670

Clínica de Cirurgia Plástica em São Paulo
(11) 94545.4212 | (11) 3253.7831 | (11) 3288.4744
Segunda a Sexta 12 às 21 horas
Alameda Santos, 211 Cj. 1611 | Jardim Paulista | SP
(Paralela Av. Paulista | Próximo Estação de Metrô Brigadeiro)
Cirurgia Plástica em São Paulo | Cirurgião Plástico em São Paulo

Gostou desse Post?

Curta | Comente | Compartilhe

Shopping Basket