clinica-de-cirurgia-plastica-em-sao-paulo-dr-fabio-cesconetto-toxina-botulinica-09.01.21

Rejuvenescimento facial: toxina botulínica e ácido hialurônico.

Os primeiros sinais de envelhecimento da pele começam a aparecer por volta dos 25 anos de idade. Isso acontece quando, além do processo natural, provocado pela idade, ocorre a aceleração da ocorrência de flacidez e surgimento de rugas e manchas.

Rugas na testa e ao redor dos olhos, acentuação no sulco entre a boca e o nariz, queda das sobrancelhas e excesso de pele embaixo do pescoço são alguns dos sinais que surgem e desagradam as pessoas, principalmente, as mulheres. Preenchimento com ácido hialurônico e aplicação da toxina botulínica são ótimos para melhorar a pele.

A toxina botulínica possui propriedades que ajudam a inibir a contração dos músculos e estimulam o relaxamento da musculatura. Para o rejuvenescimento facial, a toxina botulínica é uma das técnicas mais importantes, indicada para minimizar as marcas de expressão mais avançadas ou para quem deseja prevenir os sinais do tempo na pele, por exemplo, pés-de-galinha nos cantos dos olhos, linhas horizontais na testa e nas bandas do músculo platisma, o popular pescoço de peru.

O tratamento é realizado com a aplicação de quantidades muito pequenas da substância nos músculos subjacentes. O número de aplicações necessárias vai depender de vários fatores, como as características faciais e a extensão das rugas do paciente.

Em geral, a aplicação demora cerca de 15 minutos e os efeitos começam a aparecer em torno de 7 a 14 dias depois. A técnica costuma fazer efeito por, em média, três a seis meses, desaparecendo gradativamente, enquanto a ação dos músculos vai retornando.

No entanto, se as aplicações forem realizadas em intervalos regulares, o músculo enfraquece e os efeitos passam a durar mais tempo. O procedimento para rejuvenescimento facial pode ser repetido várias vezes, conforme o paciente desejar e a indicação do cirurgião plástico.

O ácido hialurônico é uma substância natural que possui muitos benefícios e está presente na camada cutânea. Ele fica entre as células, como um ‘cimento’ de coesão, e atua como fonte de nutrientes, fornecendo água, vitaminas e firmeza à pele.

Entretanto, com o tempo, nosso corpo perde essa substância e começam a aparecer a flacidez, as rugas e linhas de expressão. Aliás, esta é uma das substâncias mais simples e seguras no mundo dos tratamentos para rejuvenescimento facial.

A técnica de rejuvenescimento facial é utilizada para repor o volume em uma determinada parte do corpo para diminuir os sulcos profundos como as rugas. A aplicação pode ser feita no sulco nasolabial, ou o mais conhecido como bigode chinês, na região supra labial, nos lábios, na área das olheiras, no preenchimento de cicatrizes da face, contorno da mandíbula, entre outros.

A princípio, apenas uma sessão da aplicação é o suficiente para apresentar bons resultados. No entanto, se o paciente desejar, é possível fazer um retoque da substância. Aliás, o efeito começa a aparecer uma semana após a sessão, quando o inchaço da região tratada começa a diminuir.

O resultado não é permanente e dura em média 12 a 20 meses. Alguns estudos comprovaram que aplicações repetidas podem estimular a produção natural de colágeno no corpo, reduzindo o número de linhas e rugas.

Cirurgião Plástico Dr. Fabio Cesconetto | CRM 77757
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 16670

Clínica de Cirurgia Plástica em São Paulo
(11) 94545.4212 | (11) 3253.7831 | (11) 3288.4744
Segunda a Sexta 12 às 21 horas
Alameda Santos, 211 Cj. 1611 | Jardim Paulista | SP
(Paralela Av. Paulista | Próximo Estação de Metrô Brigadeiro)

Tags: No tags

Add a Comment

You must be logged in to post a comment