Trombose Venosa Profunda

Coágulo x Trombose

A trombose ocorre quando há formação de um coágulo sanguíneo em uma ou mais veias grandes das pernas e das coxas. Esse coágulo bloqueia o fluxo de sangue e causa inchaço e dor na região. O problema maior é quando um coágulo se desprende e se movimenta na corrente sanguínea, em um processo chamado de embolia. Um coágulo pode ficar preso nos pulmões ou no coração, levando a lesões graves.

A maior e principal complicação decorrente de trombose é a embolia pulmonar – quando um vaso sanguíneo do pulmão é obstruído por coágulo de sangue, oriundo de outras partes do corpo, especialmente as pernas. A embolia pulmonar pode ser fatal.

Meia Antitrombo

Sintomas

  • Dor nas pernas, principalmente nas panturrilhas, podendo chegar até o pé e o tornozelo;
  • Mudanças na cor da pele da região afetada (vermelha ou azul);
  • Sensação de queimação na região afetada;
  • Inchaço na perna afetada.

Prevenção

  • Use meias elásticas medicinais, prescritas por médico, que ajudam no retorno venoso;
  • Tome bastante líquido, principalmente água. O líquido, além de hidratar, também motiva a pessoa a se levantar para ir ao banheiro;
  • Evite ficar mais de duas horas parado na mesma posição.

Circulação Sanguínea

Perigo

Permanecer sentado por muito tempo, quando as pernas ficam na mesma posição por um período prolongado, os músculos da panturrilha não se contraem o que dificulta a circulação de sangue.

“Passar muito tempo deitado ou em repouso absoluto, após uma cirurgia plástica, por exemplo, também facilitam a ocorrência de trombose”, ressalta o Dr. Fábio Cesconetto.

Alerta

A pílula exerce efeito sobre a coagulação sanguínea e estudos mostram haver risco relativo de quatro vezes maior para o desenvolvimento de trombose em mulheres que utilizam anticoncepcionais. “Esse risco aumenta com a idade e é maior para fumantes”, alerta o Dr. Cesconetto.

 

Esclarecimento

No caso de suspeita, após uma cirurgia plástica, a paciente deve comunicar o cirurgião plástico imediatamente e comparecer a um hospital para o diagnóstico clínico. “Se confirmado a paciente permanecerá internada na U.T.I. do hospital para tratamento com substâncias anticoagulantes (impedem a formação do coágulo)”, esclarece o Dr. Cesconetto.

Deixe seu comentário